Mulheres de projetos sociais se destacam no Campeonato Brasileiro de CBJJ.

E o poder feminino.

Click here for English

Velhas conhecidas do senário Larah Bandeira do Terere Kids Project e Ashley Ribeiro do Projeto Stone mostraram pra que vieram e proporcionaram lutas sensacionais cheias de vontade, determinação e muita emoção para todos que ali estavam.

Elas fizeram o ginásio vibrar e quem estava lá não pode negar, nossas guerreiras levaram o publico a loucura no quarto dia do Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu 2021, elas travaram uma verdadeira guerra e disputa pela tão sonhada medalha de ouro.

Vimos o quanto elas deram seu melhor em um verdadeiro show de técnicas, onde qualquer vantagem mudava todo tempo o ritmo das lutas.

E ainda é só o começo ainda temos muito pela frente, lembrando que ainda temos as faixas roxa, marrom e preta.

Projeto Stone: A visão feminina do esporte

Ashely Ribeiro treina no Projeto Stone ao lado de sua irmã e também concorrente Aghata. O projeto, localizado na comunidade Dende, foi fundado e é dirigido por Leninha Capucho. Além de ser mentora de um projeto cheia de meninas ferozes, ela também é a fundadora da Stone Sports Fightwear.

Ashely Ribeiro || Projeto Stone

Essa conquista de Ashley venho como uma verdadeira inspiração para todos do projeto, uma verdadeira superação em meia tantas dificuldade do dia a dia.

Pois todos sabem o quanto e difícil conciliar em ser um atleta de alto rendimento e trabalho, e esse titulo veio pra mostrar a todos que se você acredita tudo é possível.

Mas em meio tantas dificuldade e barreiras nossos alunos estão acreditando, correndo atras de seus sonhos e sorrindo.

Projeto Terere Kids: United We Stand

Lara Bandeira é faixa-azul de Fernando Terere. No dia a dia ela desce da comunidade da Babilônia, no Leme, para treinar no Projeto Crianças Terere. Assim como Ashley, Lara também tem uma irmã que treina com ela no projeto.

Lara Bandeira || Terere Kids Project
Atleta Lara Bandeira

As meninas do Projeto Stone e Terere Kids são conhecidas por se reunirem e treinarem, o que significa que têm o dobro de apoio quando estão nas competições.

Nas duas lutas femininas, a Matside poderá encontrar os instrutores do Terere Kids Project Fabricio Silva e Alexandre “Buda” Ribeiro.

Acompanhe nossas matérias e postagens em nosso instagram e fique por dentro de tudo que esta acontecendo no maior evento de jiu jitsu do Brasil.
Like? Share it with your friends
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin